Confira aqui a lista dos trabalhos realizados

 

Saiba mais sobre nossa trajetória anterior à UQ!

 

Lucia Bertazzo

Leonel Kaz

textos, resenhas e artigos de Leonel Kaz

O Prefeito foi tirar ouro do nariz

Apresento uma tese ou hipótese: o fato de o Prefeito ter abandonado a cidade foi a senha que desatou, em todas as classes sociais, um demônio dentro, que estava semiadormecido. Foi quase um ato, inconsciente e inconsequente, de “vingança” ao Prefeito. E, por extensão à cidade. [...]

Prêmio Nobel para um índio que protege a Amazônia

Raoni é um cacique caiapó. Um brasileiro autêntico. Brasileiro é o único gentílico de nome que se assemelha a uma profissão: aquele que carrega o pau-brasil às costas. Hoje, não há mais pau-brasil. Amanhã, pode não haver mais Amazônia.

Uma proposta está sendo avivada, com apoio da Fundação Darcy Ribeiro, para que o Brasil, finalmente, consiga um Nobel. O Nobel da Paz para Raoni, 89 anos, que fez da luta pela Amazônia a razão de ser de sua vida [...]

A floresta e a arte estão, hoje, de luto

Krajcberg nasceu em 1921. Ouvi Krajcberg dizer que ele seria o último sobrevivente com este sobrenome no mundo. Possivelmente, sim. Sua família foi dizimada na Segunda Guerra Mundial, durante o massacre nazista. Ele decidiu não ter filhos. Deixará como legado milhares de troncos calcinados, pintados em urucum vermelho, contorcidos pela assimetria ou pelo acaso que marcam a natureza (e transformados, por sua mão faber, em obras de arte). Deixará também moldagens em relevos e fotografias de galhos, flores e queimadas – espécie de acervo bruto de onde nasce sua obra escultórica. [...]

Um modelo sem sentido na Amazônia

Um homem e um país podem cometer suicído? Podem. No mesmo dia do suicídio de Vargas, 24 de agosto, o Diário Oficial da União publicou decreto do Executivo extinguindo, na Amazônia, a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), criada em 1984 pelo presidente Figueiredo. A area de 47 mil km2 tem o tamanho do estado do Espírito Santo ou mais de duas vezes o tamanho de Israel.[...]

Exposição “Ausências” de Nana Moraes

Nana é uma figura miúda, magra, cabelos curtos, um olhar cândido embora contundente. Ela poderia ser confundida com uma prisioneira. Alguém que sofreu na carne e no espírito as torturas e agrumes desta vida. No entanto, Nana não cometeu crime algum.[...]

A revelação do avesso de Ferreira Gullar

Gullar resolveu se revelar ao avesso em 60 obras diferentes, que ele acaba de inventar (com a colaboração de seu gato!) e que pularam do papel para o aço.[...]

O que o museu tem a ver com educação?

Essa pergunta do ministro da Educação, Aloízio Mercadante, na imprensa e repercutida na Coluna do Noblat (3/06/2013) do O Globo, merece algumas ponderações. Faço uma dezena delas [...]

A Festa do Corpo

Ritmo, sensualidade, o vigor da natureza, aromas e sabores intensos, o movimento singular do corpo, o sincretismo religioso... são traços culturais que caracterizam o povo brasileiro. 

 

OUTROS AUTORES

Os mais belos livros do mundo

José Eduardo Agualusa


O livro em papel não pode, e nem tem, de competir com outros formatos. Tem de ser bonito [...]

The Poet’s Finale: A conversation with Leonel Kaz about Ferreira Gullar’s last works

Cynthia Garcia 

The final oeuvre of poet Ferreira Gullar (1930-2016), the author of the “Manifesto Neoconcreto” (1959) that enraged academics but was hailed by forward-thinking visual artists, is on show in São Paulo’s Dan Galeria.[...]

Please reload

©2019 UQ! editions e Aprazível Edições e Arte } Rio de Janeiro e Lisboa | Site Danowski Design