CAP SUR RIO:

RYTHMES
ET DIVERSITÉ

“Todo brasileiro, mesmo o alvo de cabelo loiro, traz na alma quando não 

no corpo, a sombra, ou pelo menos a pinta, do indígena ou do negro” 

 

Gilberto Freyre
Casa-grande e Senzala, 1933

Uma visita guiada ao coração da cultura brasileira, com o corpo mestiço e a música como emblemas, tudo ilustrado através da contribuição de fotógrafos, artistas contemporâneos e videomakers, todos cariocas.

A exposição é baseada em diferentes características do Brasil: a floresta, a cidade, a celebração, a praia, o futebol e a música. 

A cada tema percorrido, uma atmosfera musical e, no final do percurso, um destaque para uma original e inédita sinfonia visual e musical.

 

Musée Olympique | Lausanne, Suíça

10 fev – 25 set 2016

https://www.olympic.org/fr/musee/documentaire-interactif/cap-sur-rio/

 

Curadoria

Leonel Kaz

Artistas participantes

Felipe Barbosa, Heleno Bernardi, Marcos Cardoso, Maria Nepomuceno, Zemog, Alex Flemming e Adriana Varejão

©2016 UQ! editions e Aprazível Edições e Arte | Site Danowski Design